quinta-feira 02 de Fevereiro de 2017

Deixa ele fazer a própria festinha!

Categoria(s): , ,

Seu filho vai fazer mais um aninho e você não está disposta ($$$) e fazer aquele festão. A crise está grande e está tudo tão caro que esse ano não vai dar mesmo… Experimente mudar o foco da festa e deixar seu filhote participar de tudo. E em “tudo” eu quero dizer não só escolher o tema da decoração, mas meter a mão na massa e fazer até o bolo!

Já pensou nisso? Passar manteiga na mão do seu filho e deixa ele próprio fazer as bolinhas do brigadeiro? Além de uma ótima experiência que ele certamente nunca viveu, seu pequeno vai adorar se envolver tanto num evento que é dele próprio. Imagine a satisfação dele quando tudo estiver pronto, os amiguinhos comendo do bolo e ele lembrando que fez tudo aquilo!

Organizar uma festa não é difícil. E se você contar com a ajuda do seu filho, pode ser bem divertido. Para começar, faça uma lista das pessoas que quer chamar, sabendo que essa lista está diretamente proporcional ao valor que você quer gastar no evento. Se vai ser coisa pequena mesmo, chame só os mais chegados. Mas lembre-se que a festinha é do seu filhote, então são os convidados dele que precisam estar lá, as crianças com as quais ele gosta de brincar.

Feito isso, parta para a escolha do tema. Sente-se com o aniversariante e converse com ele sobre qual personagem ele gosta mais. Daí você pode sair para comprar tudo no comércio, contratar uma empresa de decoração ou fazer tudo, se tiver essa habilidade. Decida o local da festa e tudo o que vai precisar: bolo, salgados, doces, caixinhas dos convidados, música, bebida (eu sempre prefiro os suquinhos aos refrigerantes) e a diversão (se vai ter brinquedo ou recreador). Lembre-se que se for fazer almoço ou jantar, sai mais caro. Se o dinheiro estiver curto, prefira um horário em que possa servir só um lanchinho, tipo cachorro quente, coxinha, pipoca etc. Mas não economize na qualidade. Se você for fazer tudo, compre produtos bons para não colocar a festinha a perder.

Enfim, deixar o filho participar, pra valer mesmo, é muito importante. E, voltando a falar no manuseio das comidas, você pode pegar receitas fáceis na internet, explicar para ele cada ingrediente que está usando e deixar até ele ir provando aos poucos. Vai ser uma melequeira só – faz parte – mas pode apostar que satisfação do seu filho não vai ter preço!

Faça um Comentário

    Topo