sexta-feira 06 de Março de 2015

É normal sentir dor na gravidez

Categoria(s): ,

image

De vez em quanto tem gravidinha na internet perguntando nos grupos de gestantes: “Meninas, tenho sentido dores na barriga. É normal?”. Bem, a gente sabe que nenhuma dor deve ser desprezada e é sempre (sempre meeeeeeeeesmo) bom procurar um médico. Mas eu trouxe um aqui que pode nos ajudar com essa dúvida tão frequente para quem está com um bebezinho na barriga.

Doutor Alfonso Massaguer é Médico pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, ginecologista e obstetra pelo Hospital das Clínicas e especialista em Reprodução Humana pelo Instituto Universitário Dexeus, em Barcelona. E ele diz que o crescimento do útero pode, sim, causar dores do início da gestação. Mas o incômodo geralmente é descrito como cólicas abdominais e é necessário observar o quadro.

“No início da gestação, o crescimento do útero e consequente distensão dos seus ligamentos podem causar dores pélvicas. São usualmente descritas como cólicas abdominais de intensidade variável. Por outro lado, nas últimas semanas da gestação, as dores pélvicas intermitentes e rítmicas, associadas à dor lombar baixa, podem ser sinal de trabalho de parto. É importante lembrar que se a gestante apresentar dores fortes ou acompanhadas de sangramento vaginal, deverá procurar o seu médico”, explica Alfonso.

Pois é, a gente sente uma dorzinha aqui e outra ali, principalmente porque temos nada menos que um bebê sendo gerado lá dentro. Lembre-se que o nosso corpo também passa por modificações. Durante toda a gestação. O médico conta que as articulações acumulam líquido e tornam-se mais frouxas, principalmente quadril, púbis e coluna lombar, o que pode provocar desconforto. “Essas modificações vão promover o aumento dos diâmetros da bacia, para favorecer o parto vaginal. Além disso, na segunda metade da gestação, o peso do útero modifica o eixo gravitacional da gestante. Ela passa a curvar mais a coluna, desenvolvendo a hiperlordose e a hipercifose, e a alargar a base de sustentação, afastando os pés. Tudo isso leva à utilização de grupos musculares que não são rotineiramente solicitados, e pode provocar a fadiga”, diz.

E aí, o que é que a gente faz para pelo menos amenizar essas dores? Bem, especialistas contam que é válido fazer alongamento e atividade física regular. Isso vai ajudar a estabilizar e fortalecer os músculos. Alfonso diz que uma boa atividade indicada para as gestantes é a hidroginástica, porque ela fortalece a musculatura com um mínimo de impacto. Além disso, aulas específicas para gestantes ensinam exercícios de respiração e força, que podem ajudar no momento do parto.

Pode tomar alalgésicos? Bem, eles podem até aliviar as dores da gestação, mas não se esqueça que muitos medicamentos são contraindicados durante a gestação, por provocarem defeitos cardíacos e alterações do líquido amniótico, entre outras complicações. Então, antes de tomar qualquer remédio, confirme com o seu médico se você realmente pode tomar naquele período gestacional em que se encontra. E relaxe, mamãe. Quer a real? É incômodo mesmo. Mas faz parte, passa e logo logo você estará com seu bebezinho nos braços.

Faça um Comentário

    Topo