terça-feira 07 de outubro de 2014

A primeira viagem internacional

Categoria(s):


“Ele já tem um aninho, não vai ser difícil!”, é o que tento colocar na minha cabeça. Mas, se você, querida leitora deste texto, também é mãe, sabe exatamente o que é isso: por dentro estou uma pilha!


Essa semana farei a primeira viagem internacional com meu filhote. Nada tão distante, vamos para o Chile. Mas nada também tão perto e com os mesmos costumes de nosso país. Talvez o transtorno não seja tão grande já que, pelo menos, ele já está andando. Mas é claro que passam pela minha cabeça as preocupações naturais sobre alimentação, frio ou o risco de uma doença ou acidente (Deus nos livre!). Mas mãe é mãe e é lógico que a gente se preocupa mesmo.


E a questão da alimentação é uma das que mais pesam! Sempre que passo o dia fora com meu filho, levo a bolsinha com roupinhas, fraldas etc e uma bolsa só com comidas. Aí vai leite, vai fruta, biscoito, o almocinho já pronto, o jantar… Mas na viagem não vou poder levar essa bolsinha – e nem seria prático, vamos combinar! Pelo menos a primeira viagem não é para a China! Pois é, eu já estive lá e, se a alimentação já é difícil para a gente, com os costumes completamente diferentes dos ocidentais, imagine para uma criança! 


Tem também o problema do frio. Para quem é do Nordeste, acostumado ao calorzinho de 27, 28 graus, uma temperatura oscilando entre 6 e 19 graus não será fácil. Mas na malinha dele já tem mais casado que fralda!


Bem, vamos lá! Já estou providenciando o que falta para embarcar na sexta-feira. Sim, e é claro que eu prometo deixar vocês acompanhando, com todas as dicas para as mamães que também planejam viajar com seus pequenos! Vou informar tudo, desde os documentos que você precisa levar do seu filho até as dificuldades de adaptação. Até lá!

Faça um Comentário

    Topo