quinta-feira 06 de Março de 2014

As tais madrugadas em claro

Categoria(s): ,

Quando a gente passa madrugadas acordada porque o bebê acordou pra caramba querendo mamar, ou estava chateadinho, choramingando, a gente gosta de contar aos amigos ou colegas do trabalho o quanto está cansada e o quanto foi puxada a noite. É como se a gente achasse isso uma coisa tão difícil, uma tarefa tão árdua, que é preciso divulgar, como quem levanta um troféu e diz “Veja como sou forte!”. Mas, quando isso se repete na madrugada seguinte e na seguinte e na seguinte, tudo o que a gente quer é poder dormir!


Por isso esta blogueira que vos fala passou esses dias pós carnaval sem muita conversa no blog. E isso faz parte do “ser mãe”, então está totalmente dentro do contexto. Depois a gente conversa e eu conto os dias de sufoco. Sufoco mesmo! Você que também é mãe de primeira viagem precisa saber que o que seu bebê passa todos passam. E as suas noites não dormidas são idênticas às de outras mães.


Mas agora vou lá. Dormir, porque o pequeno já pregou os olhos. E eu não faço ideia de como vai ser esta noite. E nem o dia de amanhã. 

Faça um Comentário

    Topo