quinta-feira 16 de Janeiro de 2014

Quando colocar na escolinha?

Categoria(s): ,

Ontem falei das vantagens em colocar o bebê, mesmo que ainda muito novinho, numa creche. Mas, independente de ter ou não uma pessoa de confiança para ficar em casa com seu filho, um assunto merece ser questionado: quando colocar a criança na escolinha?

Pesquisei muito sobre isso e encontrei uma quantidade grande de especialistas falando da importância em se deixar a criança entrar na escola o mais cedo possível, e não esperar para quando ela completar dois anos. Sabe por que motivo? Pelo desenvolvimento de seu filho.

Existem estudos que mostram que – olha só que interessante – crianças que entram na escola logo cedo acabaram demonstrando melhor desempenho e vocabulário mais extensos do que as que entraram próximo aos quatro anos, que é a idade máxima obrigatória, aqui no Brasil, para entrar na escola. É verdade, o convívio social é muito importante para as crianças e essa independência dela com os pais pode torná-la uma pessoa mais segura, dizem os psicólogos.

Mas também não pense que é preocupante seu filho entrar na escolinha um pouco mais tarde. Algumas pesquisas mostram que os maiores benefícios acontecem a partir dos três anos, quando a criança já sente a necessidade de desenvolver contato social e autonomia para uma convivência em grupo.


E antes disso? Bem antes, quando seu filho ainda é um bebezinho? Mesma coisa. Ontem falei sobre isso aqui no blog. As vantagens são inúmeras. Começar na escolinha – na verdade num berçario, também chamado de hotelzinho – tornará o bebê uma criança mais sociável e independente. Quer outra vantagem? Quando muito novinho, o bebê ainda não sente a falta da mãe e normalmente não estranha outras pessoas. Ou seja, você evita ir embora com o coração apertado com ele chorando querendo seu braço. E isso faz uma diferença danada! 

Para ajudar na sua decisão, faça a você mesma os seguintes questionamentos: sua casa tem espaço o suficiente para seu filho brincar? Existe algum parquinho por perto ou praça para que ele possa circular e tomar banho de sol? A pessoa que vai cuidar de seu bebê sabe quais os estímulos necessários para que ele se desenvolva? Onde você mora há outras crianças para conviverem com seu filho?


Enfim, segundo especialistas, seu filho não terá nenhum prejuízo se não entrar na escolinha (berçario) ainda enquanto bebê. Então se você tem uma boa estrutura em casa, com pessoas da família ou de confiança para cuidar de seu filhote, está tudo certo. Mas quando ele começa a interagir, a presença de outras crianças e os exercícios adequados passam a ser importantes para o rápido desenvolvimento da criança. Colocar no hotelzinho o bebê novinho é uma opção sua. Mas, ainda segundo estudos, uma boa opção. E se você não gosta da ideia porque tem um sentimento de abandono por deixar seu filho na creche, reveja seus conceitos e pense se você não está confundindo com orfanato. Vá conhecer as escolinhas, faça pesquisas, consulte outras pessoas. E pense no seu filho. No que realmente é melhor para ele!

2 Comentários

  • Stephanie

    Olá boa noite, fiz a inscrição do meu filho na creche e já estou com meu muito apertado,pois sei que ele vai chorar muito, ele tem 1 ano e 8 meses, tel alguma coisa que eu possa fazer pra me ajudar a passar por essa fase tão doida que é a adaptação? Grata

    • Sarah Eleutério

      Oi, Stephanie! Faz parte, flor. Toda criança passa por isso. Mas tem, sim, algo que você possa fazer: passe segurança a seu filho! Não vá embora de forma escondida. Dê um beijo e diga sempre “Mamãe vai embora, mas volta”. Fale sorrindo e deixe que a escola cuide do resto. Se bater vontade de chorar, chore longe dele. Ele vai sobreviver. Com o tempo, vai entender que a mamãe volta mesmo. E fica tranquila, porque é disso que ele precisa. Bjo!

Faça um Comentário

    Topo