terça-feira 28 de janeiro de 2014

E ele descobre que você é outra pessoa

Categoria(s): ,

 

Sabia que, até um determinado momento, seu filho pensa que você (mamãe) e ele são uma única pessoa? E quando ele descobre que não? Entra em crise! Você sabe como lidar com isso?

 

Engraçado, essa semana eu percebi que meu filho havia perdido totalmente seu ritmo de sono e que agora não existe mais regra: tanto faz ele dormir às 20h e despertar somente às 4h da manhã ou acordar a cada duas horas. O que houve? Comecei a pesquisar e vi que os bebês passam por períodos de crise, olha só! Vamos começar do começo, falando da crise dos três meses.

 

O primeiro trimestre é chamado de período simbiótico. Quando o bebê completa três meses, é um momento tão particularmente marcante que alguns autores chamam de nascimento psicológico, diferenciando do biológico, que é quando o bebê nasce mesmo. Acho que é a crise mais interessante do bebê. Até aqui, a criança não entende que ela e sua mãe são pessoas distintas. Ela não sabe onde ele termina e onde você começa. Acha que é parte de você. A partir daí, o bebezinho começa a olhar mais nos olhos da mãe, brinca com o peito enquanto mama e passa a perceber que a mãe é uma outra pessoa. Aí começa a crise: “E se mamãe for embora?”, “E se eu chamar e ela não escutar?”. Claro que seu bebê não pensa exatamente isso, mas é como se pensasse.

 

É fácil identificar se a criança está passando por esta crise? Bem, antes de tudo, converse com o pediatra de seu filho, mas especialistas dizem que dentre os sintomas estão: não querer mamar de uma hora para a outra, passar a dormir mal ou ficar agitados sem motivo. Muitas mães não entendem como o bebê, que mamava mais de dez minutos, de repente mama cinco ou menos e não quer mais. Faz parte desse período, viu mamãe? Como também faz parte ele perder um pouco de peso.

 

Essa crise dura coisa de 15 dias e o que os pais podem fazer para ajudar é manter a tranquilidade. Sim, são muitas as surpresas que envolvem o universo desses pequenos, mas lembre-se que eles precisam passar por essas crises para crescerem. Seja compreensiva nas suas noites mal dormidas. E nada de medicamentos, seu filho só precisa de sua atenção.

 

Meu filhote já vai fazer seis meses e já passou por isso. Certamente está agora passando por outra. Sim, depois dos três meses tem outras crises. A gente fala sobre isso amanhã.

Faça um Comentário

    Topo