terça-feira 12 de novembro de 2013

A surpresa na revelação do sexo

Categoria(s): ,

Imagens da internet

 

A hora de descobrir se é menino ou menina é uma das mais esperadas pelos pais. Aliás, pelos pais nada, pela família toda, muitas vezes. Normalmente, isso acontece no exame da ultrasonografia, sem muita dificuldade. Mas para ser “batata”, é preciso esperar cerca de 20 semanas. A ansiedade é grande? Então, com oito semanas pode-se fazer um exame de sangue e, aí sim, saber se pode começar a comprar bonecas ou carrinhos. Mas, e depois de descobrir o sexo, como contar à família e aos amigos? Diz por telefone mesmo? Bem, já existem meios mais criativos para isso. E a surpresa fica não apenas para os familiares, mas também para os próprios pais da criança.

 

A festa se chama Chá de Revelação. E funciona assim: você elege uma pessoa, que pode ser alguém da família, ou uma amiga, e apenas ela fica sabendo o sexo do bebê. Sim, nem os próprios pais da criança olham o resultado do exame. Para ficar ainda mais organizada a brincadeira, pode-se contratar um cerimonial especializado nesse assunto. Essa pessoa – amiga ou a cerimonialista – vai organizar tudo, encomendando os doces, inclusive o bolo, cujo recheio pode ser cor de rosa ou azul, a depender do sexo do bebê. Ou seja, ninguém sabe de nada até o bolo ser cortado. Essa ideia começou nos Estados Unidos e já virou moda aqui no Brasil. “É um momento maravilhoso e de muito mistério e alegria para os pais e todos os convidados”, diz Virgínia Bessa, da Bessa Cerimonial, que já trabalha com Chá de Revelação e dá a dica: “Em Pernambuco, a Benta Brigaderia já se especializou nisso”.

 

 

 

 

Além do bolo, vale fazer a mesma surpresa com o recheio dos cupcakes. Cada convidado pega um docinho desse e, na hora que os pais partem o bolo, todos mordem seus cupcakes e olham se o bolinho por dentro é rosa ou azul. De acordo com Virgínia, muitos casais já estão adotando esse chá, e as novidades vão além da cor do recheio. “A criatividade pode estar desde a confecção dos convites à decoração da festa, deixando os convidados darem seus palpites antes da revelação”, conta a cerimonialista, que completa: “Mas para ser tradicional e fazer como manda o figurino mesmo, o chá, como todo chá, precisa ser à cinco horas da tarde”.

 

Agora, imagine só a decoração da festa, tudo azul e rosa, inclusive o bolo principal! Dá até para brincar e colocar um cartaz com a frase “Façam suas apostas”, com um lado separado para menino e o outro, para menina. Daí, os convidados podem assinar seu nome de acordo com sua intuição. Ou ainda fazer adesivos – uns na cor rosa e outros em azul – para serem afixados nos convidados.

 

 

 

 

 

 

Tudo bem, é mais um motivo para gastar o que a gente nem tem – até porque os gastos com o bebê não serão brincadeira – mas dá para fazer uma festinha de acordo com o bolso de cada mamãe. Vale pela criatividade na revelação. Vale pela surpresa. Vale pela emoção de descobrir ali, junto com as pessoas mais queridas, se o pequeno que vem por aí é uma princesa ou um garotão!

 

Serviço:

Bessa Cerimonial – 9123.5713/ 9967.0006

Benta Brigadeiro – 9269.1505

Faça um Comentário

    Topo